Esconde-esconde

Yãmiyhex – As Mulheres-Espírito se dá por um inusitado fio de enlace entre o dito e o não-dito. À primeira vista, as pistas estão todas aí: o filme retrata o acompanhamento da festa das Yãmiyhex na sua periódica visita ritual aos Tikmũ’ũn que residem na Aldeia Verde (Apne Yixux). Se o ponto de partida ainda soar distante, não há problema, a história de fundação das Yãmiyhex será narrada e reencenada pelo prólogo que abre a obra. Essas mulheres-espírito são evocativas do momento de conflito decisivo… CONTINUA

Organizando a desordem

É curioso notar como Cabeça de Nêgo articula elementos que orbitaram algumas conversas recorrentes desde o início da Mostra. A começar pela pedagogia que cada obra propõe quando lida com os temas políticos, tocando os nervos de um momento em que o Estado brasileiro se retira de seu papel educacional e promete perseguição aos que insistirem, seja na arte ou na sala de aula. Também o exercício de retrabalhar inventivamente os gêneros cinematográficos existentes, nesse caso o do filme teen, enquanto um espaço criativo, mas… CONTINUA

Retenção do resgate

Pão e Gente propõe um jogo de forças muito particular entre as dinâmicas vividas por um grupo de teatro ao reencenar as relações de trabalho cotidianas numa vila paulista e a maneira em que essa reencenação teatral se desdobrará em matéria de cinema. Os espaços de uma padaria, uma banca de jornal e um beco sem saída serão explorados pelos atores na interpretação de textos brechtianos, através da desnaturalização dos vetores capitalistas na lógica de funcionamento desses espaços, sob a ótica do trabalhador que nada… CONTINUA

Levante de um corpo em colisão

Uma montagem confrontativa abre a experiência de Cadê Edson?, empurrando-o ao choque entre materiais dissemelhantes que forja o ritmo particular do filme e acende dentro de sua dinâmica os fios desencapados constitutivos do gesto político que ele realiza. Entre a chispa de um e outro momento retratado, Cadê Edson? conecta-se às três camadas que serão trabalhadas em implicação mútua ao longo do filme: a figura da liderança política de Edson, a do movimento popular por moradia no Distrito Federal e a da conjuntura política que remexe… CONTINUA

A burocracia não nos servirá em tempos de guerra

Estamos situados em uma sala escura. Nela, dois corpos posicionam-se um diante do outro. Raros os planos em que ambos serão dispostos no mesmo quadro, mas é a partir da interação entre eles que acessaremos um dos momentos mais paradigmáticos da história recente do país, seus ecos e seus fantasmas – atualmente sempre à espreita, em busca de um corpo no qual encarnarem. O momento: aquele Brasil pós-1964, os interstícios de uma guerra travada entre as forças do Estado e qualquer uma que ousasse contestá-las.… CONTINUA